SINDUSCON e SECONCI entregam cestas básicas em Joinville

Campanha Ajudar Faz Bem arrecadou alimentos e produtos de higiene pessoal, beneficiando três entidades da cidade e trabalhadores da construção civil afetados pela crise

 

O Sindicato da Indústria da Construção Civil de Joinville (SINDUSCON) e o Serviço Social da Indústria da Construção Civil (SECONCI) arrecadaram 67 cestas básicas com alimentos e produtos de higiene pessoal durante a Campanha Ajudar Faz Bem. A iniciativa contou com a colaboração de empresas associadas às entidades, mobilizadas para ajudar trabalhadores do setor afetados pela crise do novo coronavírus.

Para receber os donativos, as famílias fizeram um cadastro prévio, que levou em consideração a renda e a situação laboral dos profissionais. A prioridade foram grupos de risco, com contratos de trabalho suspensos, jornada reduzida, renda de até dois salários mínimos ou desempregados.

Os contemplados foram comunicados e os kits foram entregues na sede do SECONCI Joinville, com agendamento prévio e sem aglomerações. Todos os produtos foram higienizados, seguindo os protocolos de saúde para evitar a contaminação e a propagação do vírus. Além de receber os alimentos e produtos de higiene pessoal, os trabalhadores também foram orientados sobre os cuidados de prevenção contra a Covid-19.

A ação de responsabilidade social da indústria da construção civil em Joinville foi estendida também a três entidades beneficentes, que receberam kits arrecadados durante a Campanha Ajudar Faz Bem. A entrega ocorreu nesta segunda-feira (8/6), na Associação Casa do Adalto de Apoio às Crianças com Câncer, Casa Lar Emanuel e Associação Ecos de Esperança.

Funcionando como uma casa de apoio no bairro Costa e Silva, a Associação Casa do Adalto oferece assistência às famílias de crianças e adolescentes que precisam se deslocar a Joinville para tratamento de saúde, com local para refeição, lavanderia e hospedagem. Para conhecer melhor: www.casadoadalto.org.br/

No Jarivatuva, a Casa Lar Emanuel atende crianças e adolescentes de zero a 12 anos em regime de acolhimento em casa lar, como medida protetiva, respeitando os artigos do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e outras legislações. Para saber mais: www.laremanuel.org.br/

Outra entidade contemplada pela Campanha Ajudar Faz Bem foi a Associação Ecos de Esperança, no Paranaguamirim. Fundada em 1994, iniciou com o atendimento de crianças e adolescente em situação de risco social. Atualmente, oferece ainda atividades pedagógicas, esportes, grupos de convivência e apoio à complementação de renda. Confira em http://www.ecosdeesperanca.org.br/

 

Assessoria de imprensa SINDUSCON Joinville

Graziela Lindner – (47) 99176-0080

 

× Precisa de Ajuda?